Francisco Arraiol

Francisco Arraiol nasceu no Funchal em 1990. Iniciou a sua formação teatral no Curso Profissional de Teatro/Interpretação do Conservatório – Escola das Artes da Madeira. No Funchal colaborou com o Teatro Experimental do Funchal, onde trabalhou com Eduardo Luíz, Élvio Camacho e Kot-Kotecki. Posteriormente, muda-se para Lisboa para estagiar no Teatro – O Bando e licencia-se em Teatro pela a Escola Superior de Teatro e Cinema. Em teatro, trabalhou com José Peixoto no Teatro dos Aloés, com João Brites no Teatro – O Bando nos espectáculos “Em Brasa” e “Pino do Verão”, e com Cláudio Hochman no Teatro de Carnide fez “MacBeth” e “As Mulheres de Otelo”. Estreou-se em televisão em 2011 na série juvenil “Morangos com Açúcar” IX e nos anos seguintes integrou os elencos de “Mundo ao Contrario”, “Mulheres”, “Santa Bárbara”, “Massa Fresca”, “Ouro Verde”  e “Jogo Duplo”  pela Plural Entertainment. Mais recentemente, participou no espectáculo “Guerras do Alecrim e Mangerona” de António José da Silva e com encenação de Lourenço Henriques, na série “3 Mulheres” da RTP, e integrou o elenco de “Vidas Opostas” da SP Televisão.