Nuno Casanovas

Nuno Casanovas é  actor e director de fotografia nascido e criado em Lisboa.
Desde cedo demonstrou fascínio na arte de representação, iniciando a sua carreira como figurante com 10 anos. Trabalhou durante vários anos em televisão até que com 15 anos consegue o seu primeiro papel com falas na novela “Bons Vizinhos”. Nos anos seguintes participou também em projetos como “Ana e os 7” “O Teu Olhar”, “Clube das Chaves” e “Tu e Eu”.
Querendo explorar a sua paixão cinematográfica, decide estudar cinema na Universidade Lusófona, onde apaixona-se pelo papel de um Director de fotografia. Concluiu a licenciatura em 2012 e continuou a trabalhar como actor, procurando desafios em cinema, publicidade e teatro. Destacam-se os espectáculos “Don Carlos, Infante de Espanha” (2009) e “Cacatua verde” (2011), encenados por Luís Miguel Cintra, e “Ivone, Princesa de Borgonha” (2018), encenado por António Pires. Ao todo já pisou os palcos do teatro Cornucópia, S. Luiz, S. João, Nacional D. Maria II, Aberto e do Bairro.
Em Cinema trabalhou como realizadores como Alberto Seixas Santos, Joaquim Sapinho, João Botelho, Jorge Kramez e João Maia, em filmes como “Os Maias”, “” Amor Amor”, e mais recentemente “Variações”.
Prosseguiu também a sua carreira atrás das camaras. Estudou em Budapeste (2014) e em Londres, cidade onde completou o mestrado em Direção de fotografia (MET Film School, 2016). Aprendeu com vários professores da Academia de Cinematógrafos Britânicos, nomeadamente Sue Gibson BSC, primeira Presidente feminina da British Society of CInematographers. Trabalhou em vários formatos, tanto a nível nacional como internacional., incluindo uma passagem de 6 meses no México em 2017.
Recentemente trabalhou como gaffer nas webséries “Bad and Breakfast” e “Menos Um” da produtora Comicalate, e como Director de Fotografia na série piloto “Sem Filtros” (em rodagem), da produtora “Be Active” (pré-produção).