Pedro Damião

Pedro Damião nasceu em 1982.

Tem o curso de Interpretação da Academia Contemporânea do Espectáculo (Porto), onde frequentou entre 2002 e 2005.

O seu primeiro trabalho como profissional deu-se em 2005 quando integrou no elenco principal da telenovela “Dei-te Quase Tudo”. Desde então, tem vindo a fazer pequenas participações regulares nas séries e telenovelas dos vários canais, mais recentemente a gravar a série "O Nosso Cônsul em Havana", de Francisco Manso.

Tem trabalhado em companhias como Teatro do Bolhão, Mau Artista, Teatro das Beiras, Art’imagem, Público Reservado, Teatro do Calafrio, assim como com os profissionais António Capelo, Paulo Calatré, João Paulo Costa, Diogo Infante, Rogério de Carvalho, Pedro Fiuza, Joana Providência, Kuniaki Ida, José Carretas, entre outros.

Da sua pequena “carreira” distinguem-se os trabalhos “Laramie” (de Moisés Kaufman), “D.Juan” (de Molière), “As Viagens de Gulliver” (de Luísa Ducla Soares), “A Noite da Iguana” (de Tennessee Williams), “Gil e Vicente, uma Viagem de Barca ao Inferno” (de Gil Vicente), “Liturgia” (de José Carretas), “As Possibilidades” (de Howard Barker), "O Jogo das Perguntas" (de Peter Handke), "A Bela e o Monstro no Gelo" (de Ana Queirós)...

Dá voz a alguns desenhos animados da televisão portuguesa.

Tem feito trabalhos a nível empresarial (empresas de consultoria) onde participa em reuniões facilitando planos de comunicação internos dos clientes, assim como workshops/oficinas em escolas de artes.